14/03/2024 às 15h23min - Atualizada em 15/03/2024 às 00h05min

Sinta o cheiro do mar

Borbolina Cia estreia o espetáculo infantojuvenil no Sesc Ipiranga no dia 24 de março

Redação
Gui Assano


 

Borbolina Cia estreia o espetáculo infantojuvenil Sinta o cheiro do mar no Sesc Ipiranga no dia 24 de março

 

Peça é inspirada na experiência biográfica da filha da atriz, diretora e autora Stella Tobar ao passar por uma cirurgia de adenoide
 

O exercício da resiliência é foco do espetáculo infantojuvenil Sinta o cheiro do mar, o novo trabalho da Borbolina Cia que faz sua temporada de estreia paulista no Sesc Ipiranga, de 24 de março a 28 de abril, com apresentações aos domingos, sempre às 11h.

A montagem tem dramaturgia, direção e atuação de Stella Tobar, atriz com 28 anos de carreira e com forte atuação em montagens dirigidas para toda a família. O projeto foi contemplado em segundo lugar pelo Edital Proac voltado à produção de espetáculo inédito para público infantojuvenil, da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Governo do Estado de São Paulo. Por meio desse edital cultural, o grupo realizou apresentações bem perto do mar, no Teatro Municipal de Ubatuba.

Sinta o cheiro do mar convida o público a seguir os momentos vividos por uma menina que se prepara para uma cirurgia de adenoide, que a fará respirar melhor e lhe trará como principal benefício recuperar o pleno sentido do olfato e apreciar o cheiro de tudo, em especial do mar, onde ela tanto gosta de brincar. 

A dramaturgia foi desenvolvida a partir de uma experiência biográfica da autora, ao acompanhar no passado a mesma cirurgia feita pela sua filha. A peça trata com leveza e ludicidade a experiência infantil em lidar com questões de saúde e outras, além do aprendizado extraído quando se encara as situações da vida com coragem, mantendo a esperança e a força necessárias.

“Transformar um fato biográfico em arte, exaltando as emoções e sentimentos que são comuns a todos os seres humanos é o que o texto faz, poeticamente.”, ressalta Stella. “Eu queria falar sobre as questões de ser e estar no mundo, a partir da ideia de que estamos tristes às vezes, mas não somos tristes. E no processo de construção do texto veio a lembrança dos sentimentos provocados por uma questão de saúde, pois nós não somos a doença, não somos os medos que nos afligem na busca pela cura, mas somos muito mais, e às vezes estamos esperançosos e corajosos também. E até mesmo alegres”, completa a artista, que em 2018 estreou também no Sesc Ipiranga o espetáculo Nos países de nomes impronunciáveis, quando estava grávida de Angelina - e agora retorna ao mesmo Sesc com a filha de 6 anos na plateia.

O solo de Stella Tobar contrasta com a dinâmica de animações e é permeado de músicas ao vivo, garantindo a leveza e beleza dessa produção multilinguagens. O trabalho reúne recursos audiovisuais (animações especialmente criadas por Lauren Kurotsu) e música original cantada e executada ao vivo por Stella e os músicos Sérvulo Augusto (que assina a direção musical) e Gui de Mattos. Completam o time a criação de cenário e figurinos de Paula de Paoli e o desenho de luz de Giuliano Caratori, além de confecção de boneco e adereços por Zé Valdir.

Percepções e compreensões sutis desse cenário cotidiano são reforçadas nas letras das canções da peça (assinadas por Stella e Sérvulo), uma aposta para sensibilizar os espectadores-mirins – e jovens e adultos - a se inspirarem pela resiliência dessa menina, que com esperança sai mais forte dessa fase.

Exercício da empatia

Esse é o quarto trabalho infantil sob direção de Stella na Borbolina Cia. Em essência, o grupo busca retratar sentimentos e aprendizados, potencializando a inteligência intrínseca das crianças no trato de situações cotidianas, além de estimular a empatia e esperança diante da vida.

O coletivo teve algumas temporadas de bastante sucesso com os espetáculos O menino e a cerejeira, baseado na obra do pacifista Daisaku Ikeda, em cartaz há oito anos; Sonho de Artista, texto em seu repertório desde 2021; e Dois idiotas sentados cada qual no seu barril, a partir da obra de Ruth Rocha.

Cenas ganham livro

Alternar adaptações de obras literárias e textos originais tem sido uma premissa do trabalho de Stella Tobar, que já adaptou também obras de Clarice Lispector para a cena. “Acho a literatura uma fonte riquíssima para beber histórias e temas para o teatro. E penso que o teatro pode também promovê-la e incentivar a leitura. Não à toa, dois espetáculos da companhia são criações a partir de obras literárias. E Sinta o cheiro do mar fez o caminho inverso e vai virar livro em breve”, antecipa a atriz e autora.

Ficha Técnica

Dramaturgia, direção e atuação: Stella Tobar

Músicos: Sérvulo Augusto e Gui de Mattos

Direção das animações e ilustradora: Lauren Kurotsu

Direção Musical: Sérvulo Augusto

Música original: Stella Tobar e Sérvulo Augusto

Desenho de Luz: Giuliano Caratori

Cenário e Figurinos: Paula de Paoli

Boneco e adereços: Zé Valdir 

Artistas-provocadores: Kátia Daher e Paulo de Pontes

Preparação Corporal: Vera Luz

Preparação Vocal: Tato Fischer

Fotos: Gui Assano

Costura Figurinos: Zezé – Maria José de Castro

Costura Cenografia e Figurinos Músicos: Solange Ramos

Costura Cenografia: Ateliê da Cecília/ Neide dos Santos Ribeiro Pinto e Celma Souza Aguiar

Maquinaria: Wagner José de Almeida

Produção de Cenografia: Bia Mendes

Operação de Luz: Giuliano Caratori

Operação de Vídeo: Lauren Kurotsu

Técnica de Som e Microfonista: John Di Lallo

Contrarregragem: Gabriel Serra

Assistência de Produção: Clarissa Tobar e Fernando Maffia

Assessoria de Imprensa: Pombo Correio

Produção: Borbolina Cia

Sinopse

Com texto, direção e atuação de Stella Tobar, Sinta o cheiro do mar, o quarto infantil da Borbolina Cia, traz uma história cheia de emoção, músicas ao vivo e animações especialmente criadas. Uma menina se prepara para viver algo desconhecido, mas que lhe trará a cura necessária. Onde ela está? Pelo que passará? O público vai descobrir e viver com ela e sua família esse momento, até que ela possa sentir o cheiro do mar novamente.

Serviço

Sinta o cheiro do mar, da Borbolina Cia.

Temporada: 24 de março a 28 de abril, aos domingos, às 11h

Sesc Ipiranga – Teatro – Rua Bom Pastor, 822, Ipiranga

Ingressos: R$30,00 (inteira), R$15,00 (meia-entrada) e R$10,00 (credencial plena)

Vendas online em sescsp.org.br

Duração: 60 minutos

Classificação indicativa: Livre 

Capacidade: 200 lugares

Acessibilidade: teatro acessível a cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida


 
Notícias Relacionadas »
Quer anunciar e
posicionar melhor
sua marca?
Clique para
divulgar já!🤝
Atendimento
Fale conosco pelo WhatsApp agora!