14/05/2024 às 17h59min - Atualizada em 15/05/2024 às 00h03min

Hapvida NotreDame Intermédica prepara ações de conscientização para o Dia Nacional de Controle de Infecções Hospitalares

Lavar as mãos é importante para evitar doenças

ProImprensa Comunicação
Rogério Rueda


No Dia Nacional de Controle de Infecções Hospitalares, celebrado na quarta-feira (15), a Hapvida NotreDame Intermédica vai realizar ações em todas as unidades hospitalares que possuem SCIRAS (Serviço de Controle de Infecção Relacionada a Assistência à Saúde) para chamar a atenção sobre a importância da correta higienização das mãos. Entre os objetivos estão a prevenção de doenças e a preservação de vidas, já que as mãos são a principal via de transmissão de microrganismos, seja durante a assistência hospitalar ou nas atividades do dia a dia.

A ação inclui o hospital Medical, em Limeira.

“Aproveitamos a data para realizar algumas ações lúdicas com os nossos pacientes e profissionais de saúde para levar um momento de descontração e conscientizá-los sobre a importância da higienização correta das mãos, como uma forma de proteger a si e ao outro, seja um ente querido ou o próprio paciente, reduzir a transmissão de infecções e, acima de tudo, salvar vidas”, afirmou Emanuela Ribeiro, gerente corporativa de Controle de Infecções da Hapvida NotreDame Intermédica.

A campanha institucional da maior empresa de saúde da América Latina, com quase 16 milhões de beneficiários, está alinhada ao tema da OMS (Organização Mundial da Saúde) e da Organização Panamericana de Saúde (OPAS). A ideia é compartilhar conhecimento em uma parceria do SCIRAS com o Apaixonados pela Vida, programa de acolhimento da companhia. As ações serão realizadas nas unidades adulto e pediátricas.

Em uma das atividades, os pequenos vão receber adesivos no formato de uma gota, que deverão ser colados em um mural ao notarem que um colaborador higienizou as mãos antes de tocá-los. Ao final, o desenho formará uma torneira jorrando “gotas de prevenção”.

Também de forma lúdica, as crianças serão convidadas a sujar as mãos com uma solução colorida e, na sequência, fazerem a lavagem. Depois de limpas, as mãos serão colocadas dentro de uma caixa especial, com luminol, que vai apontar se houve a correta higienização.

Já os adultos participarão de uma dinâmica de olhos vendados: vão realizar a higienização das mãos usando uma solução colorida, como se estivesse passando álcool em gel. Em seguida, já com os olhos descobertos, eles poderão perceber os pontos não higienizados, um alerta para os riscos de contaminação. Haverá também um dominó com as cinco etapas para a correta higienização das mãos.

Segundo Franciane Gonçalves, diretora-executiva de Acolhimento e Bem-Estar do Cliente, é essencial que, durante a internação, o paciente receba todo o cuidado necessário para evitar infecções, bem como participem de atividade que tornem a internação mais acolhedora. Assim, aliando bem-estar e informação, é possível reduzir o tempo de permanência em ambiente hospitalar.

“As campanhas contribuem para a melhoria dos processos como um todo. Há promoção de conhecimento, engajamento dos profissionais para exercerem com responsabilidade e excelência as atividades cotidianas e, sobretudo, a proteção integral do paciente, que é um ato de cuidado e amor”, diz.

A informação integra um grupo de ferramentas importantes para unidades, como o hospital Medical, em Limeira. “A ação da higienização das mãos é um dos pontos principais, quando falamos da prevenção de infecções hospitalares. Por isso, trabalharemos intensamente na divulgação do tema”, relata Camila Monteiro Valvassori, enfermeira do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar da Medical.

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
ROGERIO TADEU RUEDA JUNIOR
[email protected]

Notícias Relacionadas »
Quer anunciar e
posicionar melhor
sua marca?
Clique para
divulgar já!🤝
Atendimento
Fale conosco pelo WhatsApp agora!