07/06/2024 às 11h54min - Atualizada em 11/06/2024 às 00h03min

Dia dos namorados sem mau hálito é o objetivo

Como prevenir e remediar o mau hálito para ter o encontro perfeito

TODA COMUNICAçãO
Bom Hálito


 
No Dia dos Namorados, um problema que pode afetar os relacionamentos é a halitose, ou mau hálito. De acordo com uma nova pesquisa, o mau hálito é considerado o maior obstáculo na busca por um novo parceiro, superando até mesmo piadas ruins e maus modos. Os resultados revelam que a maioria dos adultos considera o mau hálito um fator decisivo para não aceitar um segundo encontro podendo chegar a até 80% de rejeição.
 
Para entender mais sobre, pedimos ajuda para a Dra. Cláudia Gobor, dentista especialista em halitose para nos explicar um pouco melhor. "A halitose, como é conhecida clinicamente, pode ser causada por diversos fatores, sejam bucais ou sistêmicos, e estes, a curto prazo, como alimentos com cheiro forte ou picante, (exemplo - alho ou peixes), e até bebidas como café e vinho tinto também podem contribuir para o problema."
 
"No entanto, a principal causa do mau hálito é a má higiene bucal. Não escovar os dentes regularmente, não higienizar corretamente entre os dentes com o fio dental ou uma escova interdental pode levar a alteração do hálito - especialmente a falta de limpeza entre os dentes que permite o acúmulo de restos de comida, estimulando a formação de bactérias e placas, resultando em um hálito desagradável", diz Cláudia Gobor.
 
Apesar de ser um problema comum, o mau hálito pode ser facilmente evitado com uma boa rotina de saúde bucal. É recomendado escovar a língua, pois ela pode abrigar bactérias que contribuem para o mau hálito. Além disso, é importante buscar orientação de um profissional capacitado para diagnosticar e tratar corretamente esta alteração, caso o problema persista, pois o mau hálito pode ser um sinal de problemas mais amplos, como doenças gengivais que, se não tratadas, podem levar também à perda dos dentes.
 
Algumas pessoas tentam disfarçar o mau hálito apenas usando mascaradores, como hortelã, cravo ou pastilhas, porém isso não resolve o problema. Mascar chiclete sem açúcar, por outro lado, pode ajudar, pois aumenta o fluxo de saliva, que auxilia na limpeza da boca e eliminação dessas bactérias causadoras do mau hálito.
 
Por isso, no Dia dos Namorados, é importante levarmos a halitose a sério. Além de afetar os relacionamentos, o mau hálito pode ser um indício de problemas de saúde bucal mais graves que podem ser diagnosticados corretamente e tratados. Portanto, adote uma boa rotina de saúde bucal e não hesite em buscar aconselhamento profissional caso o mau hálito persista ou você tenha dúvidas sobre o seu controle e tratamento.
 
Serviço: Bom hálito Curitiba
Dra. Cláudia C. Gobor
Cirurgiã Dentista especialista pelo MEC no tratamento da Halitose
Ex-Presidente e atual Diretora Executiva da Associação Brasileira de Halitose
https://www.bomhalitocuritiba.com.br/
(41) 3022-3131 | (41) 99977-7087
@bomhalitocuritiba

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
VERONICA LETICIA PACHECO
[email protected]

Notícias Relacionadas »
Quer anunciar e
posicionar melhor
sua marca?
Clique para
divulgar já!🤝
Atendimento
Fale conosco pelo WhatsApp agora!