20/03/2023 às 16h45min - Atualizada em 21/03/2023 às 00h03min

Anatel e Receita Federal apreendem 9,7 mil carregadores sem homologação

Carga estava em transportadora de Canoas (RS); Anatel já retirou do mercado quase 2 milhões de carregadores desde 2018, somando R$ 33 milhões em valor estimado

Tecnoblog
https://tecnoblog.net/noticias/2023/03/20/anatel-e-receita-federal-apreendem-97-mil-carregadores-sem-homologacao/


Mais um lote de produtos piratas foi apreendido. Agentes da Anatel e da Receita Federal recolheram 9,7 mil carregadores de celular sem homologação. As mercadorias estavam em uma transportadora em Canoas (RS).

Carregador de celular

Carregador de celular

Carregador de celular (Imagem: Steve Johnson/Unsplash)

A ação foi realizada pela fiscalização da Anatel e por auditores da Divisão de Repreensão ao Contrabando e Descaminho (Direp) da Receita. Para concluir que os carregadores não tinham mesmo homologação, eles fizeram inspeções físicas e consultas nos sistemas da agência.

Os 9,7 mil carregadores eram de quatro modelos distintos. Os produtos foram retirados e transportados para o depósito da Receita Federal.

Anatel já apreendeu quase 2 milhões de carregadores

A ação faz parte do Plano de Ação de Combate à Pirataria (PACP), da Anatel. Ele foi criado em 2018 e intensificado em 2020, por meio de uma parceria com a Receita Federal.

A iniciativa mantém um painel com totais de produtos apreendidos. São quase 2 milhões de carregadores retirados do mercado, em um valor estimado de R$ 33,9 milhões.

Contabilizando todos os produtos, foram mais de 6,3 milhões de unidades apreendidas, com valor estimado superando os R$ 586 milhões.

Os carregadores lideram a lista em número de produtos. Logo atrás, vêm os equipamentos de radiação restrita, com mais de 1,6 milhão de unidades apreendidas, chegando a R$ 109 milhões de valor estimado.

Essa é uma categoria que inclui diversos aparelhos que usam comunicação sem fio, como roteadores, smart speakers, lâmpadas inteligentes, acessórios Bluetooth, entre outros.

Em terceiro lugar, ficam as smart TV boxes. Foram retiradas do mercado mais de 1,2 milhão de unidades, com R$ 286 milhões de valor estimado.

A Anatel tem outras iniciativas contra esse último tipo de produto, aliás. A agência já multou clientes, alertou sobre os riscos de equipamentos piratas e vem derrubando IPs que transmitem ilegalmente canais de TV.

Com informações: Anatel.

Anatel e Receita Federal apreendem 9,7 mil carregadores sem homologação


Tecnoblog



Fonte: https://tecnoblog.net/noticias/2023/03/20/anatel-e-receita-federal-apreendem-97-mil-carregadores-sem-homologacao/
Notícias Relacionadas »
Quer anunciar e
posicionar melhor
sua marca?
Clique para
divulgar já!🤝
Atendimento
Fale conosco pelo WhatsApp agora!