30/06/2023 às 18h14min - Atualizada em 01/07/2023 às 00h03min

Preparando seu Contact Center para a era da IA: transformações no atendimento ao cliente e estratégias de adaptação

Saiba como a inteligência artificial, a automação de processos e os chatbots estão revolucionando a indústria de atendimentos

SALA DA NOTÍCIA Helder Sato

Por Helder Sato*
 

Nos últimos anos, a indústria de Contact Centers tem enfrentado transformações significativas impulsionadas pelos avanços tecnológicos. De acordo com dados de uma consultoria especializada, é previsto que o mercado global desse setor alcance um valor de US$ 496,6 bilhões até 2027, com uma taxa de crescimento anual de 10,6%. Esses números refletem a crescente importância que as empresas atribuem à qualidade do atendimento prestado aos clientes.

Diante desse cenário, as companhias estão concentrando seus esforços em aprimorar a experiência dos consumidores, buscando inovações e tendências tecnológicas que possam otimizar sua eficiência operacional. Essa abordagem visa, em sua essência, personalizar suas demandas, acompanhando as expectativas de seu público e realizando testes massivos em suas operações.
 

O papel da Inteligência Artificial no Contact Center  

A inteligência artificial (IA) tem se mostrado uma das principais tendências que estão revolucionando a indústria de Contact Centers. Por meio da análise de dados e do aprendizado de máquina, a tecnologia pode ajudar a automatizar tarefas repetitivas, melhorar a triagem de chamadas e oferecer respostas mais rápidas e precisas.  

Neste contexto, a IA permite a personalização do atendimento, fornecendo aos agentes informações contextuais em tempo real, o que possibilita uma interação mais personalizada e eficiente com os clientes. Com a IA, os Contact Centers podem ir além de simplesmente automatizar tarefas e agilizar o atendimento das chamadas. A IA generativa, que consegue compreender e gerar linguagem humana, já está redefinindo a interação com o cliente, tornando o atendimento mais inovador e eficaz.
 

IA Generativa, Omnichannel e Automação: reinventando a experiência do cliente

Outra tendência que está transformando a experiência do cliente nos Contact Centers é a automação de processos e o uso de chatbots. A automação permite a substituição de tarefas manuais e repetitivas por sistemas automatizados, o que reduz erros e aumenta a produtividade dos agentes. Por exemplo, o encaminhamento automático de chamadas com base em palavras-chave ou o preenchimento automático de formulários podem agilizar o atendimento e melhorar a eficiência operacional.

Já os chatbots, por sua vez, evoluíram de simples programas para IA generativas sofisticadas que conseguem simular conversas humanas. Aprendem com as interações passadas, aperfeiçoam suas respostas e se tornam cada vez melhores em resolver problemas complexos. Com a IA, a automação dos processos não se limita a tarefas repetitivas previamente mapeadas, mas a possibilidade de criar chatbots mais flexíveis que podem se adaptar às necessidades dos clientes de forma dinâmica.

No centro dessa transformação está a estratégia omnichannel, que integra diversos canais de atendimento ao cliente, como telefone, e-mail, chat e redes sociais. Essa abordagem proporciona uma experiência de atendimento unificada e eficiente. É nesse contexto que a IA atua como uma peça-chave, compreendendo as necessidades individuais dos clientes e gerenciando todas as interações de maneira harmoniosa.  

Com a IA generativa, cada cliente recebe um atendimento personalizado e em tempo real, proporcionando a sensação de ser verdadeiramente compreendido e valorizado. Ela atua como o cérebro desse sistema omnichannel, impulsionando a excelência do atendimento ao cliente em todas as interações.
 

Mapeando oportunidades e desafios

A adoção da IA também deve passar pelo mapeamento, identificando onde a IA pode trazer os maiores benefícios nos processos específicos do negócio. Ao determinar as áreas de aplicação da IA que podem gerar ganhos significativos de produtividade e qualidade, é possível impactar claramente os resultados da empresa.

Após esse mapeamento, as companhias precisam capacitar seus colaboradores, investir na tecnologia adequada, coletar e analisar dados relevantes e promover uma cultura de inovação. No entanto, a implementação apresenta desafios, como questões técnicas, resistência à mudança e a necessidade de cumprir as regulamentações de privacidade e segurança. Para superar esses obstáculos, é preciso realizar uma estratégia bem planejada e estabelecer uma visão de longo prazo.

Em suma, adotar a IA representa uma oportunidade única para transformar os Contact Centers, melhorar a experiência do cliente e se preparar para o futuro do atendimento ao cliente. Com uma preparação adequada, as empresas podem aproveitar ao máximo a era da IA oferecendo um atendimento ao cliente mais eficiente, personalizado e voltado para o futuro.

*Helder Sato é cofundador e membro do conselho da WeON.

 
Sobre a WeON         

Referência em comunicação omnichannel e pioneira em tecnologia com Voz sobre IP, a WeON foi fundada em 2004 e tem como carro-chefe sua plataforma que integra Voz, Chat, WhatsApp e Bots. É, ainda, provedora da API Oficial do WhatsApp Business, a versão corporativa oficial do aplicativo. Conta com mais de 15 mil usuários e chegou a marca de 9 milhões de mensagens trocadas por meio da plataforma. Além disso, a empresa possui discador de alta performance, desenvolvido com tecnologia exclusiva, que armazena, analisa e otimiza os dados de clientes de contact center de forma totalmente automatizada. Acesse o site e veja mais.          

        


Tags »
Notícias Relacionadas »
Quer anunciar e
posicionar melhor
sua marca?
Clique para
divulgar já!🤝
Atendimento
Fale conosco pelo WhatsApp agora!