30/06/2023 às 09h21min - Atualizada em 03/07/2023 às 00h00min

Nuvem ou On-premise: especialista orienta como escolher o ERP para o seu negócio

A tecnologia em nuvem responde a 42% do processamento de dados nas empresas

SALA DA NOTÍCIA Assessoria WK
wk.com.br

Imagem de Freepik

As inúmeras planilhas do Excel para controle contábil da empresa já são coisa do passado para a maioria das empresas no Brasil, é o que revela a “Pesquisa do Uso de TI”, realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).  Entre as empresas de serviços, 84% responderam que utilizam o ERP em sua operação e gestão. 

Um dado inédito deste estudo é que a tecnologia em nuvem responde a 42% do processamento de dados nas empresas. Odair Behnke, gestor de Operações com o Mercado da WK, aponta que há vantagens na utilização do ERP na nuvem, mas a escolha deve observar o modelo de negócio, tipo de operação e estratégia da empresa. 

Para ajudar a tirar alguma das principais dúvidas sobre os diferentes tipos de ERPs, confira entrevista com o gestor de Operações com o Mercado da WK, Odair Behnke, sobre o tema:

O que devo observar na hora de contratar um sistema ERP para minha empresa?

“Um dos primeiros passos na escolha do ERP é se atentar se ele possui áreas-chave, como vendas, compras, finanças, controladoria, recursos humanos, produção e custos, entre outras. Esses módulos são os que concentram a maior parte dos lançamentos e onde são parametrizados as tributações da empresa. O segundo passo é escolher o formato onde o sistema irá rodar, se em servidor local dentro da empresa, ou em  nuvem”. 

Quais as vantagens e desvantagens de um ERP na nuvem?

“Uma das principais vantagens de um sistema em nuvem é que ele não exige um grande investimento em infraestrutura, a empresa precisará apenas ter um bom acesso à internet. O ERP em nuvem também não exige uma licença de uso, o que também reduz os investimentos iniciais. Outra vantagem é que ele é acessível de qualquer lugar, você não precisa estar na empresa para acompanhar as operações. Como a Lei Geral de Proteção de Dados também afeta os ERPs, a empresa tem também a segurança sobre a inviolabilidade de seus dados por quem produz e distribui o ERP, quando este for o formato entregue. Vale destacar também que as atualizações são realizadas de maneira otimizada, acompanhando tanto as atualizações nas legislações, quanto a manutenção do próprio sistema. A principal desvantagem desse formato cloud é que se a internet, por algum motivo, ficar sem conexão o uso do sistema fica comprometido até que a conexão se restabeleça”.

 Quais as vantagens e desvantagens de um ERP em  servidor local? 

“O ERP on-premise tem como principal vantagem a gestão de dados sob total controle da empresa. A principal desvantagem é o alto investimento inicial, porque, além da licença, a empresa deverá investir em uma equipe de TI e  equipamentos para manter o servidor em bom funcionamento, garantindo tanto a privacidade, quanto a segurança dos dados”.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Quer anunciar e
posicionar melhor
sua marca?
Clique para
divulgar já!🤝
Atendimento
Fale conosco pelo WhatsApp agora!