21/07/2023 às 16h14min - Atualizada em 23/07/2023 às 00h00min

Empresa do ramo alimentício investe em tecnologia na merenda escolar no Amazonas

Mais de 20 mil refeições são preparadas por dia em Manaus e no interior

Andrea Vale

Acervo BMS Refeições
Cerca de 600 profissionais estão envolvidos nos processos de compra, produção e transporte das refeições que vão alimentar estudantes em 24 escolas do interior, em 19 municípios e 16 escolas de tempo integral de Manaus. “O papel da alimentação é de ajudar o bem-estar físico e emocional dos nossos alunos. Todos os alunos que apresentam algum tipo de patologia ou necessidade nutricional são tendidos com alimentação adequada voltada para o seu tipo de necessidade conforme prescrição médica e plano alimentar”, explica Adriana Siqueira, nutricionista e responsável técnica da BMS Refeições.

Em busca de soluções tecnológicas na área de alimentação coletiva, recentemente a empresa adquiriu em São Paulo, dois novos equipamentos para agilizar os processos de cozimento e a embalagem de produtos. “Adquirimos novas caldeiras, que vão otimizar o tempo de cozimento das proteínas e do feijão, além de equipamentos para o açougue central, para embalarmos a vácuo as proteínas que são enviadas para o interior, explica a nutricionista.


Vale ressaltar que mais de 40 milhões de estudantes fazem pelo menos uma refeição por dia na escola, segundo o Programa Nacional de Alimentação Escolar, PNAE.  Essas refeições precisam conter os nutrientes necessários para que o estudante consiga se desenvolver e obter um bom rendimento escolar.  Os cardápios são diversificados e elaborados por nutricionistas e uma engenheira de alimentos. “Todos os cardápios são elaborados conforme os padrões nutricionais balanceados, levando em consideração a faixa etária de idade”, explica a nutricionista. 

A rotina das escolas retornou com o café da manhã servido com cardápio variado, contendo frutas e sucos naturais e com o almoço servido com uma salada, sempre preparada na escola. As proteínas que são compradas em toneladas vêm de outros estados, mas o pescado, como o tambaqui, o pirarucu, e as frutas regionais são compradas no Amazonas.  No interior, a alimentação é produzida na própria escola. Já em Manaus, a refeições são produzidas na cozinha industrial da empresa e transportada para a escolas. No interior são servidas 15 mil refeições por dia e em Manaus oito mil.

A empresa investe em vários cursos de qualificação para os funcionários e está em fase de implantação das ISO 9000 (Gestão de qualidade) e 22000 (Segurança de Alimentos).


Benefícios de uma alimentação balanceada

Uma alimentação rica em nutrientes e com alimentos manipulados de forma correta ajudam no desenvolvimento cognitivo e motor dos alunos. Um aluno bem alimentado tem rendimento melhor. “Nesse contexto ofertamos cardápios ricos em vitaminas, proteínas, ferro e carboidratos de primeira linha para que os alunos se desenvolvam a cada dia, melhorando o seu processo de formação intelectual e pessoal”, finaliza Adriana.






 


Notícias Relacionadas »
Quer anunciar e
posicionar melhor
sua marca?
Clique para
divulgar já!🤝
Atendimento
Fale conosco pelo WhatsApp agora!