19/05/2023 às 10h38min - Atualizada em 04/08/2023 às 00h01min

Campanha Maio Amarelo visa reduzir acidentes no trânsito

Especialista em treinamentos explica como aplicar programas e ações de segurança viária em rodovias

Daniela Nucci
Divulgação


O Brasil é o 3º País com maior número de mortes no trânsito, segundo a OMS. Em 2022, houve um aumento de 0,2% de ocorrências de acidentes com vítimas a aumento de 0,7% no número de mortes, segundo dados do Painel CNT de Consultas Dinâmicas dos Acidentes Rodoviários, divulgado pela Confederação Nacional do Transporte.

A cada ano, milhões de pessoas perdem suas vidas em acidentes de trânsito nas rodovias. Devido a isso, muitos governos têm trabalhado para garantir que as estradas sejam seguras e que os motoristas estejam conscientes dos perigos que enfrentam no trânsito. A campanha do Maio Amarelo é uma dessas iniciativas.

A importância da segurança no trânsito se baseia na prevenção de acidentes e lesões. As estatísticas mostram que muitos acidentes podem ser evitados com mudanças simples de comportamento, como o uso do cinto de segurança, o respeito aos limites de velocidade e a atenção redobrada nas vias.

Segundo Ivo Neves (foto), especialista em ESG, sustentabilidade e diretor da SG4, empresa especializada em sistemas de gestão, segurança no trânsito, treinamentos, carreira e sustentabilidade, ao conscientizar os motoristas sobre a importância da segurança no trânsito, buscando reduzir as estatísticas de acidentes e mortes nas estradas.

O profissional aponta a importância de um planejamento para execução das normas de segurança viária para incentivar os motoristas a adotarem comportamentos seguros no volante.

“A segurança viária é a essência de prevenção e diversas ações ajudam na logística e controle operacional. Temos mais de 10 anos de experiência no segmento de preparação de riscos em rodovias. Fazemos um levantamento das características da rodovia para fazer um processo qualitativo e quantitativo para elaborar um projeto eficaz, desde adoção de identificação, sinalização, gestão de trafego, velocidade de operação nas vias, tudo com o foco em criar um ambiente seguro e incentivar a educação no trânsito. Quando você entra no carro, o risco sempre entra ao seu lado”, diz Neves.

Ações essenciais que contribuem para a pessoa se tornar um agente de transformação no trânsito para que as estatísticas de acidentes e mortes se torne a menor possível. 

“Empresas mineradoras, construção civil, papel e celulose e portos, por exemplo, tem grande movimentação e equipamentos de grande porte. A minha recomendação é que, necessariamente, estas empresas tenham o Manual de Segurança Viária”, diz Neves.

O manual de segurança viária nas empresas tem como propósito fornecer orientações e diretrizes visando prevenir acidentes de trânsito, promover a segurança e criar um ambiente de trabalho mais seguro para todos os colaboradores.

A ISO 39001, aprovada em 2015, estabelece o Sistema de Gestão de Segurança Viária. Esta norma fornece orientações e requisitos para ajudar as organizações a implementar práticas eficazes de segurança no trânsito e reduzir os riscos associados e é amplamente utilizada pelas concessionárias de rodovias e empresas que prestam serviços a elas.

Segundo o especialista, “essa norma é maravilhosa. Primeiramente, ela tem conexão plena e absoluta com as normas ISO 9001, 14001 e 45001 (Qualidade, Meio Ambiente e Saúde e Segurança do Trabalho) e, por isso, traz um forte arcabouço de gestão olhando para a segurança viária, olhando para a segurança de quem trafega, motoristas, pedestres e comunidades no entorno”, completa.

Ainda segundo Ivo Neves, esta norma pode elevar significativamente a qualidade do serviço de concessionárias de rodovias e empresas associadas, como pavimentação, capina e roçagem e elevar a proteção à vida de todos, trabalhadores e usuários.


 
Notícias Relacionadas »
Quer anunciar e
posicionar melhor
sua marca?
Clique para
divulgar já!🤝
Atendimento
Fale conosco pelo WhatsApp agora!