27/08/2023 às 13h23min - Atualizada em 27/08/2023 às 13h23min

​Desvendando a Verdade: Fake news de Famoso Escritor Infantil "Ganha Asas"

Revista São Roque Publicidade 790x90

Diante do recente alarde gerado pelas declarações do renomado escritor infantil Pedro Bandeira, é fundamental que a verdade seja esclarecida e que a importância da preservação ambiental seja ressaltada. A Prefeitura de São Roque, por meio dos técnicos Efrain e Davi, lançou luz sobre os fatos reais em relação à proposta de alteração do Plano Diretor da cidade, dissipando quaisquer dúvidas quanto aos reais objetivos dessa revisão.

É indiscutível que o respeito e a proteção do meio ambiente são questões centrais em nossa sociedade atual. A Mata Atlântica, um dos biomas mais ricos e ameaçados do mundo, merece nossa atenção e cuidado constante. Pedro Bandeira por ser morador em área nobre de São Roque e com toda sua influência, trouxe à tona suas preocupações sobre uma possível destruição dessa preciosidade natural em prol de empreendimentos imobiliários.

No entanto, os técnicos Efrain e Davi, autoridades competentes da Prefeitura, esclareceram que "as afirmações do escritor carecem de embasamento e precisão. O Plano Diretor, como pontuado, tem como foco a regulamentação do uso do solo urbano, mas jamais autoriza o desmatamento ou a degradação ambiental. A preservação integral da Mata Atlântica continua sendo um pilar inquestionável, conforme reza a lei federal".

"A revisão proposta pelo Plano Diretor também visa a regularização de construções irregulares e a urbanização de áreas já impactadas pela ocupação humana. Esse direcionamento se fundamenta na necessidade de trazer ordem e sustentabilidade a regiões que, porventura, tenham sido comprometidas pela expansão urbana".

E é necessário destacar a ênfase colocada na conformidade com as leis ambientais. Efrain e Davi enfatizaram que "o estabelecimento de loteamentos está condicionado a uma rígida conformidade com regulamentos ambientais rigorosos, assegurando que a natureza e o ecossistema sejam preservados e respeitados".

Ademais, vale ressaltar o compromisso da prefeitura com a transparência e a participação pública. Cinco audiências públicas foram realizadas para discutir a revisão do Plano Diretor, permitindo que os cidadãos expressassem suas opiniões e preocupações. Esse processo democrático contribui para a tomada de decisões informadas e equilibradas.

Neste cenário, a importância de ouvir todas as vozes e entender todas as perspectivas se torna crucial. Enquanto Pedro Bandeira expressou sua apreensão, os técnicos da prefeitura, com base em fatos concretos, refutaram "as alegações infundadas e asseguraram que a Mata Atlântica permanecerá salvaguardada".

A revisão do Plano Diretor de São Roque é um tópico que merece discussão, mas essa discussão precisa ser embasada em informações precisas e relevantes. À medida que a Câmara de Vereadores avaliam possíveis ajustes, é imperativo que todos tenham acesso aos dados corretos para formar opiniões sobre o futuro de nossa cidade.

Revista São Roque Publicidade 790x90


Notícias Relacionadas »
Quer anunciar e
posicionar melhor
sua marca?
Clique para
divulgar já!🤝
Atendimento
Fale conosco pelo WhatsApp agora!