23/10/2023 às 12h40min - Atualizada em 24/10/2023 às 00h03min

Décimo "Encontre o Seu Pai Aqui" será realizado na sexta-feira (27/10) na sede do Imesc 

Os exames são por ordem de chegada e totalmente gratuitos

Charles Roberto
Imesc / SP
Charles Roberto


O décimo "Encontre o Seu Pai Aqui" será realizado na sede do Instituto de Medicina Social e de Criminologia do Estado de São Paulo (Imesc), órgão vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania do Governo do Estado de São Paulo, no dia 27 de outubro, das 7h às 14h, com a intenção de desburocratizar o processo de inclusão da paternidade no documento de pessoas que ainda não foram reconhecidas legalmente.
Este trabalho é muito significativo e já soma o atendimento de mais de 900 pessoas desde o início desta nobre ação em setembro de 2022, sempre em parceria com o Ministério Público de São Paulo. “A importância do teste de DNA nesse contexto não pode ser subestimada. Ele desempenha um papel crucial na reunião de famílias e na confirmação das relações de parentesco. Graças a essa iniciativa e ao poder do teste de DNA, muitas pessoas têm a oportunidade de conhecer seus pais, descobrir suas raízes e fortalecer os laços familiares, promovendo assim o bem-estar emocional e o senso de pertencimento. O Imesc desempenha um papel vital ao facilitar esse processo de conexão e revelação, trazendo esperança e alegria para centenas de vidas”, destaca Dr. Ismar Marcilio de Freitas Júnior, superintendente do Imesc.
Os atendimentos são oferecidos na área interna do Instituto, no prédio sede, onde já ocorre a coleta de material biológico para os exames de DNA, por ordem de chegada, sem necessidade de agendamento prévio e totalmente gratuito.
A triagem e a coleta de sangue para o teste de DNA serão realizadas por uma equipe de peritos do Imesc, numa sala reservada dentro do próprio órgão, para garantir a privacidade dos envolvidos.
Vale lembrar que não é preciso nenhum preparo especial para a coleta. Para participar da ação é necessário que todos os envolvidos – filho(a), mãe e suposto pai – estejam de acordo com a realização do exame e compareçam juntos na coleta. Também deverão apresentar documento original com foto e certidão de nascimento, no caso de crianças e adolescentes.
Em 2022, foram realizados 545 exames no total. Já nos quatro primeiros mutirões do ano passado, de setembro a dezembro, 100 famílias compareceram e tiveram as coletas de materiais biológicos sem nenhum custo.
Quem pode participar?
Para dar entrada ao processo de identificação de paternidade é necessário seguir alguns requisitos:
comparecer munido de documento de identificação original com foto ou certidão de nascimento (válida apenas para menores de 18 anos);
Presença simultânea do requerente, da mãe e do suposto pai, ou de todos os envolvidos;
Na hipótese de qualquer uma das partes ser absolutamente incapaz, deverá estar representada ou assistida na forma da lei, apresentando documento comprobatório de sua condição.
E se o suposto pai for falecido?
Comparecer junto com a mãe e parentes de primeiro grau do falecido, tais como: pais (preferencialmente), irmãos (por parte de pai e mãe) e filhos (com suas respectivas genitoras) para coleta de sangue.
 E depois do exame de DNA?
Os envolvidos serão chamados na Promotoria de Justiça para receberem o resultado e serão encaminhados ao Cartório de Registro Civil.

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U

Notícias Relacionadas »
Quer anunciar e
posicionar melhor
sua marca?
Clique para
divulgar já!🤝
Atendimento
Fale conosco pelo WhatsApp agora!