24/10/2023 às 15h33min - Atualizada em 26/10/2023 às 00h01min

Documentário sobre a descoberta de fenômeno natural por físico brasileiro é exibido em São Paulo

Vida e obra de Joaquim da Costa Ribeiro, pioneiro da física experimental no país, vem a público com o filme Termodielétrico, em projeto contemplado pelo Rumos Itaú Cultural. A obra tem direção de Ana Costa Ribeiro, neta do cientista, descobridor do fenômeno que dá nome à produção audiovisual e responsável por colocar a física brasileira no panorama da ciência mundial

Larissa Corrêa
Divulgação


O documentário Termodielétrico, de Ana Costa Ribeiro e contemplado pelo Rumos Itaú Cultural 2019-2020, ganha duas exibições na 47ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, após estrear no Festival do Rio 2023: no dia 26 de outubro, às 21h50, no Espaço Itaú de Cinema – Frei Caneca, e no dia 1 de novembro, às 18h30, no Cineclube Cortina.

Inspirada na vida e na obra de seu avô, Joaquim da Costa Ribeiro, pioneiro da física experimental no Brasil e fundador do Centro Nacional de Pesquisa (CNPq), a cineasta investiga os mistérios do termodielétrico, fenômeno natural descoberto por ele em 1944, que revela o surgimento de correntes elétricas associadas a mudanças de estado físico em alguns materiais, como a cera de carnaúba.

“O experimento colocou a física brasileira no panorama da ciência mundial e lhe concedeu o Prêmio Einstein, por uma descoberta feita em um laboratório de poucos recursos”, conta Ana. “Sempre ouvi falar dessa descoberta sem saber exatamente o que significava. Sabia que tinha a ver com a formação dos raios no céu.”

Foi em 2015, após a morte do pai, que a diretora encontrou na casa dele objetos de seu avô, como cartas, fotografias, filmes em 8mm, desenhos e textos. Com isso, a partir desse acervo familiar, do arquivo público de Ribeiro – situado no Museu de Astronomia – com mais de 800 documentos, e de materiais produzidos por Ana como resposta a esses vestígios, que ela mergulha no processo criativo do filme, em busca de um cinema experimental, como a física do cientista.

“Assim como meu avô experimentava em seu laboratório, também experimento na narrativa, utilizando imagens e sons de diferentes formatos: em cor e P&B, de arquivo e atuais, captadas em diferentes câmeras e gravadores de som, criando diversas texturas”, explica. “A montagem visual e sonora é rizomática e todos os elementos são associativos, não há hierarquia entre eles.”

O filme estabelece um diálogo entre gerações e disciplinas, trazendo para os dias de hoje a sensibilidade de um pesquisador incansável, que fez da curiosidade sobre os fenômenos naturais uma prática diária e constante. “Reafirmamos a relação entre física e filosofia, e observamos o mundo com olhar renovado”, diz. “O trabalho dele contribuí não só para a valorização das ciências naturais no Brasil, como para a experimentação em outras áreas, como a arte e a cultura contemporânea.”

Sobre o Rumos Itaú Cultural
Um dos maiores editais privados de financiamento de projetos culturais do país, o Programa Rumos, é realizado pelo Itaú Cultural desde 1997, fomentando a produção artística e cultural brasileira. A iniciativa recebeu mais de 75,8 mil inscrições desde a sua primeira edição, vindos de todos os estados do país e do exterior. Destes, foram contempladas 1,5 mil propostas nas cinco regiões brasileiras, que receberam o apoio da instituição para o desenvolvimento dos projetos selecionados nas mais diversas áreas de expressão ou de pesquisa.

Os trabalhos resultantes da seleção de todas as edições foram vistos por mais de 7 milhões de pessoas em todo o país. Além disso, mais de mil emissoras de rádio e televisão parceiras divulgaram os trabalhos selecionados.

Na última edição, de 2019-2020, foram 11.246 projetos inscritos, resultando em 90 projetos selecionados.

SERVIÇO:
Rumos Itaú Cultural 2019-2020

Exibição de Termodielétrico
47ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo
Dia 26 de outubro, às 21h50
Local: Espaço Itaú de Cinema – Frei Caneca
Shopping Frei Caneca, R. Frei Caneca, 569, Consolação
Dia 1 de novembro, às 18h30
Local: Cineclube Cortina
R. Araújo, 62, República

INGRESSOS AVULSOS
Disponível para compra 4 dias antes de cada sessão pelo app do evento e pelo site da Velox. No dia da sessão, uma pequena cota estará disponível para compra diretamente na bilheteria do cinema.
Segundas, terças, quartas e quintas-feiras: R$ 24,00 (inteira) | R$ 12,00 (meia)
Sextas-feiras, sábados e domingos: R$ 30,00 (inteira) | R$ 15,00 (meia)

 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U

Notícias Relacionadas »
Quer anunciar e
posicionar melhor
sua marca?
Clique para
divulgar já!🤝
Atendimento
Fale conosco pelo WhatsApp agora!